segunda-feira, 23 de abril de 2018

Tenho rugas ...


"Tenho rugas..."

Olhei para o espelho e descobri que tinha muitas rugas, em volta dos olhos, na boca, na testa.
Eu tenho rugas porque eu tive amigos... e nós rimos, mas tanto, até às lágrimas.
Eu tenho rugas porque conheci o amor que me fez espremer os olhos de alegria.
Eu tenho rugas porque tive filhos e fiquei preocupada com eles desde a concepção, mas também porque sorri para todas as suas novas descobertas e porque passei muitas noites em claro....
Tenho rugas porque eu também chorei...
Chorei pelas pessoas que amei e que foram embora, por pouco tempo ou para sempre, sabendo ou sem saber o porquê.
Tenho rugas porque passei horas sem dormir para observar os projetos que correram bem... mas também para cuidar a febre das crianças, para ler um livro ou fazer amor.
Vi lugares lindos, novos, que me fizeram abrir a boca espantada e ver os lugares antigos, antigos, que me fizeram chorar.
Dentro de cada sulco no meu rosto e no meu corpo, se esconde a minha história... se escondem as emoções que vivi... a minha beleza mais íntima.
E se apagar isso, apago a mim mesma.
Cada ruga é uma anedota da minha vida, uma batida do meu coração, o álbum de fotos das minhas memórias mais importantes!!!
(Autoria desconhecida)

— com as lindaaaaaaas e perfumadas flores "damas da noite", em Castelo Encantado Restaurante, Pizzaria, Buffet e Hotel- Acaraú/CE.

Parabéns, Socorro Oliveira.

A Professora Socorro Oliveira festejou mais um niver na noite de sábado, ladeada pelo esposo Mauricio Generoso, os filhos Mauricio Filho, Maurilio Oliveira e Andressa Viana Messias Oliveira, noras, irmãos, cunhados, tios, netos, familiares e amigos. Uma oração de agradecimento precedeu um jantar com deliciosas iguarias da culinária acreana preparadas pelos filhos e noras, tudo feito com alegria e amor.
Parabéns, cunhada querida, muitas felicidades sempre, vida longa com muita saúde, paz, amor e prosperidade. Q seus sonhos se concretizem e q Deus proteja e abençoe sempre vc e sua amada Família. Abraçãoooo 😍😘

"Receita de aniversário"
Coloque várias doses de amor, abuse da porção de saúde, tire o estresse. Mas não se esqueça de acrescentar paz e sucesso na lista de ingredientes da vida. Eu desejo que hoje, e todos os outros dias que virão, sejam abundantemente servidos com estes deliciosos ingredientes.
Feliz Aniversário!
(http://www.mensagemaniversarios.com.br)

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Sabedoria de Avó...

Sabedoria de Avó...

Quando eu for bem velhinha, espero receber a graça de, num dia de domingo, me sentar na poltrona da biblioteca e, bebendo um cálice de Porto, dizer a minha neta:
- Querida, venha cá.
Feche a porta com cuidado e sente-se aqui ao meu lado.
Tenho umas coisas pra te contar.
E assim, dizer apontando o indicador para o alto: - O nome disso não é conselho, isso se chama colaboração!
Eu vivi, ensinei, aprendi, caí, levantei e cheguei a algumas conclusões.
E agora, do alto dos meus 82 anos, com os ossos frágeis a pele mole e os cabelos brancos, minha alma é o que me resta saudável e forte.
Por isso, vou colocar mais ou menos assim:
É preciso coragem para ser feliz. Seja valente.
Siga sempre seu coração.
Para onde ele for, seu sangue, suas veias e seus olhos também irão.
Satisfaça seus desejos.
Esse é seu direito e obrigação.
Entenda que o tempo é um paciente professor que irá te fazer crescer, mas escolha entre ser uma grande menina ou uma menina grande, vai depender só de você.
Tenha poucos e bons amigos. Tenha filhos. Tenha um jardim.
Aproveite sua casa, mas vá a Fernando de Noronha, a Barcelona e a Austrália.
Cuide bem dos seus dentes.
Experimente, mude, corte os cabelos. Ame. Ame pra valer, mesmo que ele seja o carteiro.
Não corra o risco de envelhecer dizendo "ah, se eu tivesse feito...
" Vai que o carteiro ganha na loteria - tudo é possível, e o futuro é imprevisível.
Tenha uma vida rica de vida! Viva romances de cinema, contos de fada e casos de novela.
Faça sexo, mas não sinta vergonha de preferir fazer amor.
E tome conta sempre da sua reputação, ela é um bem inestimável.
Porque sim, as pessoas comentam, reparam, e se você der chance elas inventam também detalhes desnecessários.
Se for se casar, faça por amor.
Não faça por segurança, carinho ou status.
A sabedoria convencional recomenda que você se case com alguém parecido com você, mas isso pode ser um saco!
Prefira a recomendação da natureza, que com a justificativa de aperfeiçoar os genes na reprodução, sugere que você procure alguém diferente de você.
Mas para ter sucesso nessa questão, acredite no olfato e desconfie da visão.
É o seu nariz quem diz a verdade quando o assunto é paixão.
Faça do fogão, do pente, da caneta, do papel e do armário, seus instrumentos de criação.
Leia. Pinte, desenhe, escreva. E por favor, dance, dance, dance até o fim, se não por você, o faça por mim.
Compreenda seus pais.
Eles te amam para além da sua imaginação, sempre fizeram o melhor que puderam, e sempre farão.
Não cultive as mágoas - porque se tem uma coisa que eu aprendi nessa vida é que um único pontinho preto num oceano branco deixa tudo cinza.
Era só isso minha querida.
Agora é a sua vez.
Por favor, encha mais uma vez minha taça e me conte: como vai você?...
(Fonte - Facebook)

P refletir ...


Conto


“Um burro estava amarrado a uma árvore.
Um demônio veio e o soltou.
O burro entrou na horta de camponeses vizinhos e começou a comer tudo.
A mulher do dono da horta, quando viu aquilo, pegou o rifle e matou o burro.
O dono do burro viu o burro morto, ficou enraivecido e também pegou seu rifle e atirou contra a mulher.
Ao voltar para casa, o camponês encontrou a mulher morta e matou o dono do burro.
Os filhos do dono do burro, ao ver o pai morto, queimaram a fazenda do camponês.
O camponês, em represália, os matou.
Aí perguntaram ao demônio o que ele havia feito e ele respondeu:
– “Não fiz nada, só soltei o burro”.
Viu? O diabo faz coisas simples ...
porque sabe que se o nosso coração está sujo a nossa maldade faz o resto.
Por isso vamos pensar antes de fazer algo vingativo, mandar indiretas, desejar ou maquinar o mal contra nossos irmãos!
Vamos cuidar do nosso coração ...
porque pro Demônio basta só "soltar o burro".

#Vigiai

sábado, 14 de abril de 2018

Beijo, beijo, beijo ...


Dia do beijo

DIA DO BEIJO 13/04


"Até que os olhos mudem de cor..."

A história ficou nos devendo o registro oficial do primeiro beijo. No entanto, esculturas e textos indianos já apontavam sua prática pelo menos 2.500 anos antes de Cristo. Os milênios passaram, os costumes mudaram, mas o prazer de beijar a quem se deseja manteve-se firme e forte. Tanto é que hoje celebra-se seu dia mundialmente.
Possíveis controvérsias à parte, se há um espaço simbólico onde o beijo foi glamourizado e se tornou manifestação idílica das mais almejadas este espaço é o cinema. Muito do status de ícone do ápice amoroso que o beijo ganhou ao longo do século passado se deve à magia da tela grande (transposta para a televisão, obviamente, mas nunca superada por ela).
Desde a primeira vez em que o cinema exibiu um encontro de lábios de um casal apaixonado - não por acaso em um filme chamado O Beijo, em 1896 - até os dias de hoje, muitas são as cenas que se tornaram clássicas ao expor esta demonstração de amor e, por que não dizer?, de luxúria.
De Rhett Butler e Scarlett O’Hara a Romeu e Julieta, passando por Wall-e e Eve; Dama e Vagabundo, Satine e Christian, Jack Twist e Ennis del Mar, Sam Wheat e Molly Jensen, O POVO traz hoje uma seleção de beijos antológicos no cinema.
A ideia é que nossos leitores se inspirem e comemorem devidamente este dia. Quem sabe até, como sugere a compositora Vanessa da Mata, “com beijos intermináveis, até que os olhos mudem de cor”.( Émerson Maranhão emerson@opovo.com.br)
(Fonte – www.opovo.combr)
(Facebook)